Home

Recomendações para acelerar a revisão por pares de preprints para melhorar a cultura da ciência

Recomendações para acelerar a revisão por pares de preprints para melhorar a cultura da ciência

Os preprints estão possibilitando novas formas de revisão por pares que têm o potencial de ser mais completas, inclusivas e colegiais do que a revisão por pares de periódicos tradicionais e, assim, mudar fundamentalmente a cultura da revisão por pares em direção à colaboração construtiva.

#Preprints #ComunicaçãoCientífica #RevisãoPorPares

Disponível em: https://journals.plos.org/plosbiology/article?id=10.1371/journal.pbio.3002502

Comunicação Científica: Artigos Científicos, Revistas Predatórias, IA e Ciência Aberta

Comunicação Científica: Artigos Científicos, Periódicos Predatórios, IA e Ciência Aberta

Apresentação da comunicação acadêmica como disciplina acadêmica e alguns de seus problemas atuais. A natureza privilegiada nem sempre bem compreendida das revistas científicas. A necessidade de um critério de demarcação para periódicos predatórios baseado na revisão por pares. O uso de listas negras e listas brancas. O novo cenário da IA ​​na ciência aberta através de bases de dados e motores de busca. Revisão dos principais sistemas generalistas de inteligência artificial. Revisão de sistemas de inteligência artificial para uso acadêmico. Considerações sobre o papel das bibliotecas universitárias e dos novos sistemas de IA.

#ComunicaçãoCientífica

Disponível em: http://eprints.rclis.org/45588/

Levantamento das Políticas de Ação Afirmativa nas Universidades Públicas brasileiras (2022)

Levantamento das Políticas de Ação Afirmativa nas Universidades Públicas brasileiras (2022)

Pioneiras na implementação das ações afirmativas no Brasil, as universidades estaduais se valeram de leis estaduais e de suas próprias resoluções para darem vida à política. As adesões iniciais se concentraram entre 2003 e 2007, já somando 24 casos. A partir de 2020, todas as estaduais já possuíam algum tipo de ação afirmativa. Diante dessa realidade, seus desafios atuais se encontram em aprimorar qualitativamente os modelos de ações afirmativas existentes.

via GEMMA

#AçõesAfirmativas

Disponível em: https://gemaa.iesp.uerj.br/nao-categorizado/levantamento-das-politicas-de-acao-afirmativa-nas-universidades-publicas-brasileiras-2022/

Geledés e Alana lançam pesquisa sobre municípios que colocam a Lei 10.639/03 em prática

Geledés e Alana lançam pesquisa sobre municípios que colocam a Lei 10.639/03 em prática

A pesquisa “Lei 10.639/03 na prática: experiências de seis municípios no ensino de história e cultura africana e afro-brasileira”, de Geledés Instituto da Mulher Negra e Instituto Alana, foi lançada nesta terça-feira (20/2), em sequência à primeira parte do estudo, que apontou que 71% dos municípios brasileiros não cumprem a lei.

#Lei10639/03

via EI

Disponível em: https://educacaointegral.org.br/reportagens/geledes-e-alana-lancam-pesquisa-sobre-municipios-que-colocam-lei-10-63903-em-pratica/

Informações legislativas e os direitos em construção das mulheres brasileiras

Informações legislativas e os direitos em construção das mulheres brasileiras: proposta de categorização rumo à Agenda 2030

Posto isto, esta pesquisa aplicada feminista se justifica pela necessidade de se saber em que medida o Poder Legislativo está contribuindo para a construção de futuras leis e políticas públicas que promovam a sustentabilidade das mulheres brasileiras. A Ciência da Informação se notabiliza neste estudo por ser um campo de múltiplas inserções, interações e interfaces, por sua natureza interdisciplinar, sua relação com as novas tecnologias, e sua dimensão social e humana. Nessa perspectiva, o objetivo geral da pesquisa é propor uma categorização para ser utilizada na classificação das proposições legislativas em tramitação na Câmara dos Deputados, que abordam os direitos em construção das mulheres, para demonstração dos avanços ou retrocessos legislativos rumo à Agenda 2030, em especial, do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 5 e suas metas.

#MulheresNaPolítica #Mulheres #Agenda2030

Disponível em: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/1290

Influxos da ciência moderna no discurso arquivístico

Influxos da ciência moderna no discurso arquivístico

Constata que a Ciência Moderna imprime no discurso da Arquivologia características relativas à objetividade, universalidade, neutralidade, formulação de leis gerais, identificação de regularidades, separação, quantificação, classificação e determinação de relações sistemáticas. Conclui que os fundamentos da Arquivologia são guiados pelo ideal de verdade moderno, baseiam-se no método científico e no racionalismo cartesiano, bem como recebem influências diretas da metodologia das Ciências Naturais, tendo como principais exemplos os usos de perspectivas geológicas e de metáforas biológicas.

#Arquivística #Ciência

Disponível em: https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/1184

Princípios para conduzir revisões sistemáticas de qualidade

Princípios para conduzir revisões sistemáticas de qualidade: revisões de escopo com estruturas PRISMA e SALSA

Apresentação das principais características das revisões de escopo. Diferenças e semelhanças entre tipos de revisões sistemáticas. Introdução ao significado e às fases do quadro SALSA. Apresentação detalhada da estrutura PRISMA ScR, PRISMA Search e PRISMA Flow Diagram.

#RevisãoSistemática

Disponível em: http://eprints.rclis.org/45589/

Dimensions Research GPT no ChatGPT

Dimensions Research GPT no ChatGPT

Dimensions Research GPT traz uma solução para a comunidade de pesquisa aproveitar o poder da IA ​​com dados do Dimensions. Disponível para usuários ChatGPT Plus e Enterprise, esta nova ferramenta fundamenta resultados em fatos científicos, com referências acessíveis nas quais você pode clicar.

#FontesDeInformação #ChatGPT #Dimensions

via Dimension

Disponível em: https://www.dimensions.ai/products/all-products/dimensions-research-gpt/

Entrevista com Natalia Cerrao sobre sua pesquisa com as tendências de metadados em repositórios institucionais digitais

Entrevista com Natalia Cerrao sobre sua pesquisa com as tendências de metadados em repositórios institucionais digitais

Sua dissertação, intitulada “Análise das aplicações de metadados baseada em FRBR e RDA em repositórios institucionais digitais: contribuições do domínio bibliográfico” teve como objetivo o estudo dos FRBR e RDA estabelecidos no domínio bibliográfico, a fim de identificar o estado da arte sobre as tendências do domínio bibliográfico e se os mesmos podem ser aplicados em repositórios institucionais digitais. Além disso, um estudo empírico foi realizado no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe, a partir da análise de um registro descritivo que pudessem ser identificados os princípios teóricos e aplicados dos FRBR e RDA.

#Metadados #FRBR #RDA

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-2-fev-2024/entrevista-com-natalia-cerrao-sobre-sua-pesquisa-sobre-as-tendencias-de-metadados-em-repositorios-institucionais-digitais/

A documentação do patrimônio universitário em contextos não museológicos

A documentação do patrimônio universitário em contextos não museológicos: propostas para a sua organização e descrição a partir das coleções da Universidade de Barcelona

As universidades, especialmente aquelas historicamente reconhecidas pela sua antiguidade, possuem frequentemente um patrimônio cultural e científico significativo. Esse patrimônio foi acumulado através de suas atividades primárias: ensino e pesquisa. No entanto, devido aos recursos humanos e materiais limitados, este patrimônio está frequentemente disperso e nem sempre bem documentado, preservado ou conservado.

#Patrimônio #Universidades

Disponível em: https://diposit.ub.edu/dspace/handle/2445/208181

Uso de informações baseadas em big data no enfrentamento da pandemia de covid-19

Uso de informações baseadas em big data no enfrentamento da pandemia de covid-19

Os resultados apresentados foram divididos em 17 categorias, 6 temáticas e 11 ferramentas, que foram criadas a partir do fichamento e da análise de conteúdo do material coletado. O presente estudo corrobora para ampliar o conhecimento acerca das possibilidades de soluções que podem assistir à população em momentos de semelhante estado emergencial.

via UFPE

#Pandemia #BigData

Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/55244

CAPES anuncia parceria para Acesso Aberto

CAPES anuncia parceria para Acesso Aberto

Iniciativas como o Plano S têm juntado instituições de fomento científico do mundo inteiro na expectativa de que pesquisadores por elas financiados publiquem apenas em periódicos de acesso aberto. Esse movimento tem feito com que cada vez mais grandes revistas migrem para modelos de acesso aberto, que por consequência acabam elevando os custos de publicações a preços proibitivos para países em desenvolvimento como o Brasil.

#PlanoS #CAPES

via ABC

Disponível em: http://www.abc.org.br/2024/02/28/capes-anuncia-parceria-para-acesso-aberto/

Quanto tempo é o ideal para permanecer em um emprego? Especialista em RH responde

Quanto tempo é o ideal para permanecer em um emprego? Especialista em RH responde

Se o sonho dos baby boomers era ter a estabilidade de um emprego para a vida toda, 80% dos trabalhadores Gen Z, entre 18 e 24 anos, querem encontrar um novo trabalho, segundo pesquisa do Linkedin de 2023.

#Trabalho

via Exame

Disponível em: https://exame.com/carreira/quanto-tempo-e-o-ideal-para-permanecer-em-um-emprego-especialista-em-rh-responde/

Linguagens documentárias aplicadas à recuperação de informação em bibliotecas

Linguagens documentárias aplicadas à recuperação de informação em bibliotecas

Aborda, através de levantamento bibliográfico da área da Ciência da Informação, a evolução dos métodos de busca e recuperação da informação – catálogo de acesso público, sistemas de metabusca e serviço de descoberta, realizando uma comparação entre os mesmos e indicando as vantagens da incorporação de índices de assunto, grafo de conhecimento, mapas de conceitos, vocabulários controlados e tesauros nas ferramentas de recuperação da informação.

#LinguagensDocumentárias #RecuperaçãoDaInformação

Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/15500

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Pular para o conteúdo