Home

A Salvaguarda das Coleções Arqueológicas de Rondônia

A Salvaguarda das Coleções Arqueológicas de Rondônia

“A justificativa para o “êxodo” das coleções (de Rondônia) para outras unidades da federação foi, sobretudo, o fato de até 2009 o Estado não possuir instituições de guarda habilitadas pelo IPHAN.” argumentam os pesquisadores Me. Gilcimar Costa Barbosa e Prof. Dr. Carlos Alberto Santos Costa, vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Arqueologia e Patrimônio Cultural (PPGap) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

#Rondônia #Patrimônio #Arqueologia

via Divulga-CI

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-5-maio-2024/a-salvaguarda-das-colecoes-arqueologicas-de-rondonia-por-gilcimar-barbosa-e-carlos-alberto-costa/

Busca de informações em medicina

Busca de informações em medicina

Quais sistemas de busca funcionam melhor para um determinado tipo de busca e são compatíveis com a heurística escolhida? Temos que compreender que não existem dois sistemas de pesquisa iguais e cada sistema é mais ou menos adequado para um tipo de pesquisa (clínica/exploratória/sistemática) em termos de cobertura e heurística que permite/suporta.

#InformaçãoEmSaúde #FontesDeInformação

via GETAFE

Disponível em: https://bibliogetafe.com/2024/06/13/busqueda-de-informacion-en-medicina/

CiteScore 2023: relatório de impacto de periódicos científicos acaba de ser lançado

CiteScore 2023: relatório de impacto de periódicos científicos acaba de ser lançado

CiteScore é uma métrica calculada para títulos ativos com publicações rigorosamente avaliadas e selecionadas por Conselhos Consultivos de Seleção de Conteúdo (CSAB) independentes. Ele aproveita o abrangente conjunto de dados do Scopus para fornecer valores anuais e acompanhamento mensal, permitindo aos usuários identificar os periódicos mais relevantes e definir suas estratégias de publicação.

#Periódicos #Scopus

via ABCD

Disponível em: https://www.abcd.usp.br/informa/citescore-2023-lancamento-relatorio-revistas/

Regulamentos de acessibilidade de aplicativos móveis e da Web

Regulamentos de acessibilidade de aplicativos móveis e da Web

A Regra Final: A regra final adota formalmente as Diretrizes de Acessibilidade de Conteúdo da Web (WCAG) 2.1 nível AA (o nível médio de conformidade) como o padrão ao qual todas as entidades cobertas devem aderir, o que se alinha com a proposta do NPRM.

via EDUCAUSE

#Acessibilidade

Disponível em: https://er.educause.edu/articles/2024/6/web-and-mobile-app-accessibility-regulations

Americanos confiam mais no TikTok para notícias do que em outras redes, diz pesquisa

Americanos confiam mais no TikTok para notícias do que em outras redes, diz pesquisa

De acordo com a pesquisa do Pew, 25% dos usuários do X disseram que receber notícias era um motivo “principal” para usar a plataforma, e 15% dos usuários do TikTok também relataram que receber notícias era um motivo “principal” para estarem na rede.

#MídiasSociais #TikTok #FontesDeInformação

via Exame

Disponível em: https://exame.com/tecnologia/americanos-confiam-mais-no-tiktok-para-noticias-do-que-em-outras-redes-diz-pesquisa/

Comportamento Informacional da comunidade acadêmica da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)/Campus Caraúbas no uso de bibliotecas virtuais da instituição

Comportamento Informacional da comunidade acadêmica da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)/Campus Caraúbas no uso de bibliotecas virtuais da instituição

(…) a comunidade da UFERSA Caraúbas reconhece a importância das bibliotecas virtuais, especialmente para fins acadêmicos, mas não há uma adesão prática de uso, resultando em uma percepção de atendimento parcial das necessidades, sendo a limitação de títulos e falta de conhecimento sobre as bibliotecas virtuais fatores que impactam o potencial uso das bibliotecas virtuais. Assim, este estudo propõe melhorias para a Instituição investigada com a elaboração de um Plano para as bibliotecas virtuais. Busca instituir uma abordagem colaborativa no cenário universitário, englobando a Gestão Universitária, o Sistema de Bibliotecas e os departamentos/docentes com foco em iniciativas conjuntas para favorecer o usuário final.

#CoInfo #BibliotecasDigitais

Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/58411

A contribuição da semiótica à indexação de documentos audiovisuais: a narrativa imagética para a compreensão do tema de filmes

A contribuição da semiótica à indexação de documentos audiovisuais: a narrativa imagética para a compreensão do tema de filmes

Conclui-se que o entendimento da estrutura narrativa do documento audiovisual, além dos artifícios utilizados pelo cinema para construção da história, contribui para sua análise por possibilitar sua compreensão como um todo, sem precisar recorrer a decupagem, além do uso da semiótica no processo de significação dos diversos códigos presentes no documento.

#Indexação #Filmes

Disponível em: https://repositorio.unesp.br/items/0bfebc2c-7795-43b9-9499-5460d6215101

Políticas de Preservação Digital: o caso do Brasil em relação à Colômbia e Austrália

Políticas de Preservação Digital: o caso do Brasil em relação à Colômbia e Austrália

Concluímos que a política colombiana é muito mais compacta, provavelmente por estar associada a um documento muito mais amplo que apresenta aspectos da preservação digital, ações, estratégias e técnicas de preservação digital e ações de nível cultural para assegurar a preservação digital. Em relação à política australiana, observou-se que ela se mostrou mais completa que a política brasileira, abordando todos os seus aspectos, e trazendo dois itens a mais: Pesquisa e Colaboração; Habilidades e Treinamento, não contemplados na política brasileira.

#PreservaçãoDigital

Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/117999

Informar sobre inteligência artificial: o papel dos meios de comunicação digitais da UE, do Reino Unido e dos EUA para dar visibilidade para IA generativa

Informar sobre inteligência artificial: o papel dos meios de comunicação digitais da UE, do Reino Unido e dos EUA para dar visibilidade para IA generativa

A inteligência artificial tornou-se um dos temas do ano de 2023. A mídia tem divulgado as tecnologias e questões mais relevantes relacionadas a este assunto. Num contexto de extrema competitividade entre os meios digitais, o posicionamento nos motores de busca (SEO) surge como a principal estratégia que os cibermeios têm para alcançar a visibilidade necessária para obter mais leitores.

#IA #Jornalismo

Disponível em: http://eprints.rclis.org/45754/

ABNT adota padrões internacionais para sistemas de Inteligência Artificial

ABNT adota padrões internacionais para sistemas de Inteligência Artificial

O ABNT ISO/IEC TR 24027:2024 detalha práticas recomendadas para cada fase do desenvolvimento de IA:

  • Coleta de Dados: métodos para assegurar que os dados coletados sejam representativos e imparciais;
  • Treinamento e Aprendizado Contínuo: técnicas para evitar o reforço de preconceitos durante o treinamento dos modelos;
  • Projeto e Teste: procedimentos para identificar e mitigar viés durante o desenvolvimento;
  • Avaliação e Uso: estratégias para monitorar o desempenho do sistema e garantir que ele continue a operar de maneira justa.

#ABNT #IA

via Contábeis

Disponível em: https://www.contabeis.com.br/noticias/65495/abnt-publica-nova-norma-sobre-inteligencia-artificial/

Projeto de Lei n° 2338, de 2023 – Dispõe sobre o uso da Inteligência Artificial

Projeto de Lei n° 2338, de 2023 – Dispõe sobre o uso da Inteligência Artificial

Esta Lei estabelece normas gerais de caráter nacional para o desenvolvimento, implementação e uso responsável de sistemas de inteligência artificial (IA) no Brasil, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais e garantir a implementação de sistemas seguros e confiáveis, em benefício da pessoa humana, do regime democrático e do desenvolvimento científico e tecnológico.

via Senado

#Regulamentação #IA

Disponível em: https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/157233

Principais tendências em bibliotecas universitárias para 2024: uma revisão das tendências e questões

Principais tendências em bibliotecas universitárias para 2024: uma revisão das tendências e questões

Confira as Tendências:

Competência Algorítmica e IA, Pedagogia Aberta e Design Instrucional, Ciência Aberta e Reprodutibilidade, Acesso Aberto e Publicação Equitativa, Interrupção e Reconcepção de Práticas de Coleção, Politização de Bibliotecas Acadêmicas, Legislação Anti-DEI, Liberdade Acadêmica e Sindicalização, Local de Trabalho Pós-Pandêmico e Híbrido, Makerspaces e Tech Spaces, Apoio ao bem-estar dos alunos pós-pandemia

#Tendências #BibliotecasUniversitárias #IA

via Association of College and Research Libraries,

Disponível em: https://crln.acrl.org/index.php/crlnews/article/view/26379

ISBD Descrição Bibliográfica Internacional Normalizada: Atualização 2021 da Edição Consolidada 2011

ISBD Descrição Bibliográfica Internacional Normalizada: Atualização 2021 da Edição Consolidada 2011

A ISBD determina os elementos de dados a serem registrados ou transcritos em uma sequência específica como base da descrição do recurso que está sendo catalogado, e emprega a pontuação prescrita como um meio de reconhecer e exibir os elementos de dados e torná-los compreensíveis independentemente do idioma da descrição.

#ISBD

Disponível em: https://repository.ifla.org/handle/123456789/3373

Acesso aberto na Argentina: uma proposta de monitoramento de publicações científicas com OpenAlex

Acesso aberto na Argentina: uma proposta de monitoramento de publicações científicas com OpenAlex

Conclui-se que embora a via verde tenha tido uma evolução positiva, foi a publicação em revistas de ouro que mais rapidamente promoveu o acesso à produção argentina. Da mesma forma, a metodologia baseada em AA, testada aqui pela primeira vez, é viável para monitorar AA na Argentina, pois produz percentuais semelhantes a outros estudos nacionais e internacionais.

#AcessoAberto #Argentina #OpenAlex

Disponível em: http://revistascientificas.filo.uba.ar/index.php/ICS/article/view/13373

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Pular para o conteúdo