Arquivos de 20 de julho de 2024

Mediação da Informação e da Leitura: uma análise do livro ‘O Diário de Anne Frank’ / Encontros Bibli

Mediação da Informação e da Leitura: uma análise do livro ‘O Diário de Anne Frank’

Entendeu-se de forma interpretativa que a leitura do livro “O Diário de Anne Frank” representa um testemunho histórico com diversas implicações para o público que o interpreta. Trata de uma série de tópicos relevantes que podem ser debatidos no contexto da leitura, contribuindo para a formação de perspectivas individuais e para a promoção dos direitos humanos. 

#MediaçãoDaLeitura

Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/96931

Bibliometria e ciências do livro: internacionalização e vitalidade dos estudos italianos

Bibliometria e ciências do livro: internacionalização e vitalidade dos estudos italianos

A vitalidade de uma área científica é dada por múltiplos sinais, rastreáveis ​​em diferentes contextos e com diferentes meios: desde o número de citações recebidas por um artigo, detectadas através de uma base de dados, até aos exemplares de um livro adquiridos por importantes bibliotecas e revistos em revistas de referência. jornais; desde citações recuperadas do Scholar até menções em redes sociais dedicadas ao mundo acadêmico. Examinar a rede de citações das contribuições produzidas dentro de um setor pode dizer muito não só ao nível dos traços caracterizadores, mas também sobre a dinâmica interna do próprio setor, realçando a sua vivacidade ou, pelo contrário, a escassez de intercâmbios entre estudiosos .

#Bibliometria

Disponível em: https://library.oapen.org/bitstream/handle/20.500.12657/55427/9788864534688.pdf?sequence=1&isAllowed=y

“Slow Reading”: o que pode mudar em sua vida lendo devagar / Jornal da USP

“Slow Reading”: o que pode mudar em sua vida lendo devagar

Adotar a leitura lenta pode não ser uma mudança fácil, especialmente em uma cultura que valoriza a rapidez e a produtividade. No entanto, os benefícios apresentados por Miedema fazem dessa prática uma consideração valiosa para qualquer leitor que deseja aprofundar sua compreensão e apreciação literária.

#Leitura

via Jornal da USP

Disponível em: https://jornal.usp.br/artigos/slow-reading-o-que-pode-mudar-em-sua-vida-lendo-devagar/

IBGE: Taxa de analfabetismo entre quilombolas é quase três vezes maior / UOL

IBGE: Taxa de analfabetismo entre quilombolas é quase três vezes maior

De acordo com o IBGE, 19% da população quilombola é analfabeta — são 192.715 pessoas do grupo sem saber ler ou escrever. Para o contexto do Brasil, da população total residente em 2022, 7% da população sofria com a condição.

#Quilombolas #Analfabetismo

via UOL

Disponível em: https://educacao.uol.com.br/noticias/2024/07/19/taxa-de-analfabetismo-entre-quilombolas-censo-2022-ibge.htm

Serviços globais se recuperam lentamente após falha causar apagão cibernético / BBC

Serviços globais se recuperam lentamente após falha causar apagão cibernético

O CEO da CrowdStrike pediu desculpas pela interrupção e disse que uma correção foi lançada, mas admitiu que pode levar “algum tempo” até que todos os sistemas estejam completamente operacionais.

#ApaçãoCibernético #Internet

via BBC

Disponível em: https://educacao.uol.com.br/noticias/2024/07/19/taxa-de-analfabetismo-entre-quilombolas-censo-2022-ibge.htm

Biblioteca Parque no Brasil: conceito e história / PPGCI – UFF

Biblioteca Parque no Brasil: conceito e história

O resultado da pesquisa elencou seis categorias com conceitos que mais apareceram na literatura brasileira de Biblioteconomia e Ciência da Informação sobre a biblioteca parque, possibilitando compreender como essa biblioteca é descrita e conceituada no Brasil a partir dos estudiosos e pesquisadores da área. As categorias encontradas foram: Responsabilidade Social, Lazer, Perspectiva Educacional, Democratização de Acesso, Dispositivos Culturais e Nova Categoria/Entendimento de Biblioteca. A partir disso, foi possível concluir que, apesar de não ter um conceito estabelecido, a biblioteca parque tem suas características bem definidas e que se complementam à compreensão da evolução e do desenvolvimento da biblioteca pública.

#BibliotecaParques

Disponível em: https://app.uff.br/riuff/handle/1/33441

Cidadania em tempos de dataficação e infocracia / Revista General de Información y Documentación

Cidadania em tempos de dataficação e infocracia

(…) a grande disponibilidade de informação que os cidadãos têm na palma da mão está também a conduzir-nos a fenômenos como a infocracia, em que se perdem espaços deliberativos que permitem o enriquecimento e a pluralidade de ideias. Em vez de deliberação, observam-se processos de fechamento, falta de reconhecimento dos outros e a construção cada vez mais comum de ideias e crenças distantes da verdade, aspectos que estão degradando a democracia.

#Infocracia #Cidadania

Disponível em: https://revistas.ucm.es/index.php/RGID/article/view/90150

Apagão cibernético global afeta voos, bancos e serviço de emergência / BBC

Apagão cibernético global afeta voos, bancos e serviço de emergência

Diversas empresas e entidades afetadas apontaram um problema técnico com softwares da empresa de segurança Crowdstrike em sistemas Windows, da Microsoft. A Crowdstrike, então, divulgou um comunicado afirmando que o apagão global se deveu a um problema de atualização de sistema.

A Crowdstrike é uma empresa de segurança online fundada em 2011 cujo objetivo é proteger algumas das maiores empresas do mundo de ataques cibernéticos.

#Internet #Ciberataques

via BBC

Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/articles/c3gwzqe3287o

A IA gratuita não é sustentável – e pagaremos por ela em breve / PCWorld

A IA gratuita não é sustentável – e pagaremos por ela em breve

A inteligência artificial requer muita energia. Isto não é verdade apenas para a Microsoft, mas também para todas as outras empresas de tecnologia – e até 2027, espera-se que os serviços de IA do mundo consumam tanta energia como todo o país dos Países Baixos, de acordo com um estudo da Escola de Negócios e Economia de Amesterdão.

#IA #Economia

via PCWorld

Disponível em: https://www.pcworld.com/article/2388675/free-ai-is-not-sustainable-soon-we-will-have-to-pay.html

“A censura aos livros e as formas de resistência” / Pedro Andretta

“A censura aos livros e as formas de resistência” / Pedro Andretta

Para quem se interessar: slides apresentados em minha apresentação “A censura aos livros e as formas de resistência” na Semana Acadêmica de Biblioteconomia da Universidade de Caxias do Sul. Tem também no YouTube o vídeo! Vale conferir também as apresentações de Alessandra Nunes e Ana Amélia Martins que também abordaram o tema da Censura no evento!
Fica registrado o Parabéns aos Organizadores!

#Censura #Resistência

Disponível em: https://www.pedroandretta.info/index/wp-content/uploads/2024/07/A-censura-aos-livros-e-as-formas-de-resistencia.pdf

Bibliotecas comunitárias, mediação cultural e literária / PPGCI – UFC

Bibliotecas comunitárias, mediação cultural e literária

(…) a ação mediadora nos espaços das bibliotecas tem impacto nos contextos social, cultural e educacional da vida individual e coletiva das pessoas que frequentam esses espaços, como também alcançam em suas diferentes especificidades as dimensões dialógica, estética, formativa, ética e política.

#BibliotecasComunitárias #MediaçãoCultural #MediaçãoDeLeitura

Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/77310

Análise bibliométrica da produção científica sobre “imagem” na Ciência da Informação

Análise bibliométrica da produção científica sobre “imagem” na Ciência da Informação

No intervalo de 2017 e 2021, destaca-se um notável aumento na produção científica relacionada ao universo temático de “imagens”. […] Conclui-se que o termo estimula reflexões profundas sobre a estrutura social, desencadeando processos de contemplação e de abstração que enriquecem substancialmente o campo lexical da Ciência da Informação.

#Bibliometria #Imagem

Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/205527

Pesquisadores e estudantes ajudam a melhorar verbetes da Wikipédia / Pesquisa Fapesp

Pesquisadores e estudantes ajudam a melhorar verbetes da Wikipédia

Desde 2011, ao menos 35 universidades do país já realizaram 239 atividades educacionais nas plataformas Wikimedia, seja editando verbetes ou criando fóruns e cursos on-line. Os projetos também compartilham conteúdo na Wikimedia Commons, repositório para imagens, áudios e vídeos, e na Wikiversidade, um espaço livre para criação de grupos de estudo e de cursos virtuais.

#Wikipedia

via Pesquisa Fapesp

Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/pesquisadores-e-estudantes-ajudam-a-melhorar-verbetes-da-wikipedia/

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Pular para o conteúdo