Arquivos de 14 de julho de 2024

Expectativas e crenças de doutorandos sobre o gênero projeto de tese / Trabalhos em Linguística Aplicada

Expectativas e crenças de doutorandos sobre o gênero projeto de tese

reconhecemos crenças similares, como a percepção de que projetos de tese podem ser vistos como um “trampolim operacional e prospectivo” para o gênero tese de doutorado, de modo que o seu processo de elaboração envolve ações retórico-discursivas prospectivas para o desenvolvimento de ideias e ações esboçadas em termos de planejamento.

#TesesEDissertações #EscritaAcadêmica

Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8675000

Embargo de obras no repositório institucional da Universidade Federal do Amazonas / Biblionline

Embargo de obras no repositório institucional da Universidade Federal do Amazonas

A partir da análise dos dados percebeu-se que as principais motivações de solicitação de embargo são a possibilidade de publicações em periódicos de acesso restrito e processos de patenteamento, baseados, portanto, nos princípios de exclusividade e originalidade.

#Repositórios #Embargo

Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/biblio/article/view/69386

Mulheres feministas negras e lésbicas e o protagonismo social / Divulga-CI

Mulheres feministas negras e lésbicas e o protagonismo social

Considerar a figura da pessoa bibliotecária para além da função de profissional da informação e dar a ela ferramentas para desenvolver sua função social fortalece ainda mais a comunidade. Tornando-se mediadora e facilitadora desses grupos, como também quem luta em conjunto para o desenvolvimento do protagonismo social, a partir de sua entrega, diferentes grupos podem construir suas próprias narrativas, com direito a representatividade e escuta em todos os lugares de direito, dever e nos quais desejem estar.

#MediaçãoDaInformação #ProtagonismoSocial

via Divulga-CI

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-6-jun-2024/mulheres-feministas-negras-e-lesbicas-e-o-protagonismo-social/

Além do Google Scholar, Scopus e Web of Science: uma avaliação da cobertura de citações… / Research Synthesis Methods

Além do Google Scholar, Scopus e Web of Science: uma avaliação da cobertura de citações…

Através de uma análise abrangente usando 259 artigos de periódicos de diversas disciplinas, esta pesquisa visa orientar os estudiosos na seleção de índices com cobertura documental mais ampla e links de citações anteriores e posteriores mais precisos e abrangentes. As principais descobertas destacam Google Scholar, ResearchGate, Semantic Scholar e Lens como principais opções para pesquisa FWC, com o Lens fornecendo recursos de download superiores.

#FontesDeInformação #Indexadores #BasesDeDados

via Research Synthesis Methods

Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/jrsm.1729

O desafio de medir o sucesso na ciência / Questão de Ciência

O desafio de medir o sucesso na ciência

Diante dos problemas e limitações das atuais métricas de avaliação de sucesso acadêmico-científico, pesquisadores da área defendem a adoção de critérios mais abrangentes nestas avaliações. Um dos pontos de partida neste sentido foi dado em 2015 com o que ficou conhecido como o “Manifesto de Leiden”. No texto publicado na revista Nature, os autores – Diana Hicks, Paul Wouters, Ludo Waltman, Sarah de Rijcke e Ismael Rafols, todos da área de cienciometria – listam dez princípios que devem guiar este processo, a começar pela subordinação dos dados quantitativos a avaliações qualitativas do trabalho dos cientistas, tanto na hora de decidir por contratações ou concessão de financiamentos quanto ao determinar o mérito individual de um cientista, indo além de métricas como o índice h.

#ComunicaçãoCientífica #Ciência

via Questão de Ciência

Disponível em: https://www.revistaquestaodeciencia.com.br/artigo/2024/07/10/o-desafio-de-medir-o-sucesso-na-ciencia

Discutindo ciência na Wikipedia / InfluScience

Discutindo ciência na Wikipedia

Até agora, descobrimos nesta primeira amostra de dados que, embora as páginas de discussão sejam menos frequentadas do que os artigos principais, elas podem ter um envolvimento profundo com publicações acadêmicas. Bem como um padrão de uso diferenciado em relação aos seus artigos principais.

#Wikipédia #Citação

via InfluScience

Disponível em: https://influscience.eu/articulos/discutiendo-sobre-ciencia-en-la-wikipedia/

Brasil duplicou o número de mestres e quase triplicou o de doutores, mas ainda é pouco / The Conversation

Brasil duplicou o número de mestres e quase triplicou o de doutores, mas ainda é pouco

Entre as duas décadas que separam 2001 e 2021, o Brasil teve um crescimento de 271% em seu número de doutores, e de 210% em seu número de mestres, aumento sem precedentes na história do país. Os dados foram revelados na pesquisa Brasil: Mestres e Doutores 2024. O estudo, conduzido pelo Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (CGEE), organização social supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, levanta o questionamento: será que finalmente há doutores e mestres suficientes no Brasil? A resposta é não.

#CiênciaBrasileira

via The Conversation

Disponível em: https://theconversation.com/brasil-duplicou-o-numero-de-mestres-e-quase-triplicou-o-de-doutores-mas-isso-ainda-e-pouco-233544

Boletim da Biblioteconomia: Edição 85 é dedicada ao letramento racial / CFB

Boletim da Biblioteconomia: Edição 85 é dedicada ao letramento racial

Nesta edição especial, destacamos entrevistas e artigos que exploram a importância do letramento racial na biblioteconomia. Entre os conteúdos, você encontrará discussões inspiradoras de bibliotecárias indígenas e negras, que compartilham suas experiências e desafios na profissão.

#BiblioteconomiaNegra #EducaçãoAntirracista #Biblioteconomia #CFB

via CFB

Disponível em: http://repositorio.cfb.org.br/bitstream/123456789/1434/1/Boletim%20n%c2%ba85-%20Entrevista%20Minista%20da%20Cultura.pdf

Alfabetização digital na biblioteca pública : fortalecendo sua função social para mitigar a exclusão digital / PPGCI – UFSCar

Alfabetização digital na biblioteca pública : fortalecendo sua função social para mitigar a exclusão digital

Conclui-se que, embora haja esforços para reduzir a exclusão digital promovendo competências digitais básicas, é essencial expandir o acesso à alfabetização digital avançada para abordar questões complexas, como pensamento crítico sobre tecnologia e impacto da inteligência artificial.

#ExclusãoDigital #CompetênciasDigitais #BibliotecasPúblicas

Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/19859

Critérios Operacionais Diamond OA para Periódicos / DIAMAS

Critérios Operacionais Diamond OA para Periódicos

A publicação na revista não depende do pagamento de taxas de qualquer espécie (por exemplo, taxas de processamento de artigos ou taxas de adesão). A revista deve declarar isso como tal em sua página web. Contribuições e doações voluntárias de autores são permitidas, desde que não sejam condição para publicação.

#AcessoAberto

via DIAMAS

Disponível em: https://diamasproject.eu/operational-diamond-oa-criteria-for-journals/

Descolonização de disciplinas e coleções acadêmicas / ICOFOM Study Series

Descolonização de disciplinas e coleções acadêmicas

Estabelecer diretrizes, concordar em não adquirir artefatos sem evidências claras e documentadas, enfatizando a justiça social, enfim, garantindo que os objetos não foram obtidos através da exploração de sociedades fragilizadas pela pobreza, pela guerra, pelo colonialismo, pela instabilidade política, há, obviamente, muito trabalho o que fazer pelos curadores e conservadores, uma vez que a paisagem, seja ela científica, política ou cultural, está em constante mudança.

#Descolonização #Coleções

Inteligência artificial no combate à desinformação nas eleições presidenciais brasileiras de 2022 / MHJournal

Inteligência artificial no combate à desinformação nas eleições presidenciais brasileiras de 2022

Entre os dois candidatos, Bolsonaro foi quem mais recorreu à desinformação, confirmando assim os resultados obtidos em eleições anteriores (Mello, 2020; Rodrigues, 2021). Esta tendência reforça a importância dos verificadores de factos na detecção de desinformação, mas também destaca o importante papel que a Inteligência Artificial pode desempenhar no apoio a esta missão quando se sabe que os disseminadores de informações falsas recorrem cada vez mais a estas tecnologias (López-López et. al., 2022).

#IA #Desinformação #Eleições

Disponível em: https://revistas.innovacionumh.es/index.php/mhcj/article/view/1984/1956

Cidades sem imprensa local sofrem com desinformação e insegurança / Jornal da USP

Cidades sem imprensa local sofrem com desinformação e insegurança

Uma triste notícia: nada menos do que 78% dos municípios brasileiros sofrem com falta de notícias locais ou com a precariedade delas. São cerca de 2.712 municípios que não têm nenhum veículo de comunicação local. Outros 1.635 municípios possuem um ou dois veículos de comunicação. Essas localidades são chamadas de desertos de notícias e os quase desertos.

#Jornalismo #DesertoDeNotícias

via Jornal da USP

Disponível em: https://jornal.usp.br/campus-ribeirao-preto/cidades-sem-imprensa-local-sofrem-com-desinformacao-e-inseguranca/

Estaremos falhando como sociedade ao permitir a censura de livros? / BiblogTecarios

Estaremos falhando como sociedade ao permitir a censura de livros?

Se temos livros para ajudar com a matemática, ou para explicar a imigração ou para falar sobre adoção ou divórcio (algo que até há poucos anos também suscitava críticas), porque não podemos ter livros que falem de gênero, de transexualidade, de feminismo ou de igualdade em todos os níveis? É uma questão de conhecimento, de se sentir compreendido e de saber que você não é o único com dúvidas ou passando por um processo difícil de entender.

via BiblogTecarios

Disponível em: https://www.biblogtecarios.es/firmasinvitadas/estamos-fallando-como-sociedad-al-permitir-la-censura-de-libros/

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Pular para o conteúdo