Mulheres na Ciência: superando barreiras e inspirando gerações / Ciência e Cultura

Mulheres na Ciência: superando barreiras e inspirando gerações

O CNPq indica que 59% das bolsas de iniciação científica são concedidas a pesquisadoras, mas essa porcentagem cai para 35,5% nas bolsas de produtividade, as mais prestigiadas e financiadas. No grupo de bolsas 1A, destinadas a pesquisadores seniores, apenas 24,6% são concedidas a cientistas mulheres. Além disso, um relatório realizado pela British Council em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU) em 2022 mostra que, na América Latina e Caribe, 46% dos pesquisadores são mulheres, indicando uma disparidade significativa.

via Ciência e Cultura

#MulheresNaCiência #Entrevista

Disponível em: https://revistacienciaecultura.org.br/?p=6687

Biblioteconomia negra e teoria racial crítica: entrevista com Franciéle Garcês

Biblioteconomia negra e teoria racial crítica: entrevista com Franciéle Garcês

No curso aprendemos desde disciplinas que vão desde Fundamentos da Biblioteconomia até Tecnologias da Informação e Comunicação sem nem entender qual foi a contribuição negra na área, mesmo sem entender como os bibliotecários foram preparados para atender as demandas da população negra do Brasil, que representam mais de 54% da população brasileira.

#BiblioteconomiaNegra #Entrevista

Disponível em: https://www.revistaotlet.com/bibliotecologia-negra-y-teoria-critica-racial-entrevista-a-franciele-garces-da-silva/

Entrevista com Jean Brito sobre sua pesquisa que investigou a Ecologia Informacional em Museus

Entrevista com Jean Brito sobre sua pesquisa que investigou a Ecologia Informacional em Museus

Fazer uma tese já é desafiador. O desabafo que faço aos leitores desta entrevista é: faça ciência, mas não negligencie a saúde mental. Progrida um pouco de cada vez. A ciência deve ser realizada com saúde e consciência sempre.

#Entrevistas #Museus

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-5-maio-2024/entrevista-com-jean-brito-sobre-sua-pesquisa-que-investigou-a-ecologia-informacional-em-museus/

Entrevista com Natasha Coutinho sobre sua pesquisa que investigou as práticas informacionais do Grupo de Apoio a Mães de Autistas de Maricá, Rio de Janeiro

Entrevista com Natasha Coutinho sobre sua pesquisa que investigou as práticas informacionais do Grupo de Apoio a Mães de Autistas de Maricá, Rio de Janeiro

Em sua dissertação, intitulada “Redes sociais, mediação e práticas de informação: o Grupo de Apoio a Mães de Autistas de Maricá, RJ (GAMAM)”, Natasha teve como objetivo compreender como os processos de mediação, as interações e as práticas de informação do grupo se organizam para apoiar, construir conhecimentos, promover a cidadania das mães que compõem o Grupo e para favorecer o acesso ao tratamento, cuidado e inclusão dos autistas do município de Maricá.

#Entrevista #Autismo #PráticasInformacionais

via Divulga-CI

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-4-abr-2024/entrevista-com-natasha-coutinho-sobre-sua-pesquisa-que-investigou-as-praticas-informacionais-do-grupo-de-apoio-a-maes-de-autistas-de-marica-rio-de-janeiro/

Entrevista com Luma Prado sobre as demandas por liberdade apresentadas por indígenas nos tribunais da Amazônia portuguesa do século XVIII

Entrevista com Luma Prado sobre as demandas por liberdade apresentadas por indígenas nos tribunais da Amazônia portuguesa do século XVIII

Em sua dissertação, intitulada: “Cativos Litigantes: demandas indígenas por liberdade na Amazônia portuguesa (1706-1759)”, Luma aborda as demandas por liberdade apresentadas por indígenas escravizados aos tribunais da Amazônia portuguesa. E demonstra como indígenas, e sobretudo mulheres, foram aos tribunais da época com o objetivo de libertar a si e a seus familiares da escravidão a que estavam submetidas nas regiões do Pará e do Maranhão — e, na maioria das vezes, conseguiram.

via Divulga-CI

#PovosIndígenas #Entrevista

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-4-abr-2024/entrevista-com-luma-prado-sobre-as-demandas-por-liberdade-apresentadas-por-indigenas-nos-tribunais-da-amazonia-portuguesa-do-seculo-xviii/

Entrevista com Eurides Nogueira sobre sua pesquisa que investigou a contribuição dos pesquisadores mais citados nos últimos 50 anos na revista Ciência da Informação

Entrevista com Eurides Nogueira sobre sua pesquisa que investigou a contribuição dos pesquisadores mais citados nos últimos 50 anos na revista Ciência da Informação

O caminho acadêmico sempre foi um sonho, no entanto não tinha noção que a trajetória seria dolorosa e solitária. Mas no fim a recompensa é incalculável e a satisfação pessoal e profissional também.

#Entrevista #CI

via Divulga-CI

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-3-mar-2024/entrevista-com-eurides-nogueira-sobre-sua-pesquisa-que-investigou-a-contribuicao-dos-pesquisadores-mais-citados-nos-ultimos-50-anos-na-revista-ciencia-da-informacao/

Não acho que devamos “combater” editores predatórios: uma entrevista com Jeffrey Beall

Não acho que devamos “combater” editores predatórios: uma entrevista com Jeffrey Beall

A Lista de Beall foi desativada em janeiro de 2017. Ela indicava potenciais editoras predatórias, que publicavam artigos de acesso aberto, não revisados por pares, visando o lucro. Isso leva a uma poluição do corpo de textos científicos por conta de informações pseudocientíficas não revisadas, o que é danoso para a ciência como um todo.

#Entrevista #RevistasPredatórias

Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/97928

A escola não é a única responsável pela segurança de crianças na internet

A escola não é a única responsável pela segurança de crianças na internet

Ingressando cada vez mais cedo nas redes sociais, muitas crianças não percebem riscos a danos e violências as quais estão expostas no ambiente virtual. Além de atuar com os estudantes, Rodrigo aponta que a interlocução com as famílias é fundamental. “É a escola estimulando que a formação sobre segurança digital oferecida aos estudantes chegue às famílias pelos próprios estudantes”, diz.

#CiberSegurança #Entrevista

via Porvir

Disponível em: https://porvir.org/a-escola-nao-unica-responsavel-seguranca-internet/

Entrevista com Mariana Batista sobre sua pesquisa com a Avaliação Arquivística na administração pública em Minas Gerais e Rio de Janeiro

Entrevista com Mariana Batista sobre sua pesquisa com a Avaliação Arquivística na administração pública em Minas Gerais e Rio de Janeiro

Em sua tese de doutorado intitulada, “Avaliação arquivística: requisitos para valoração e destinação de documentos no âmbito da administração pública estadual“, Mariana se concentrou na avaliação arquivística de documentos, explorando a perspectiva do tipo documental em contraste com a avaliação baseada em “assuntos” no âmbito do Poder Executivo estadual brasileiro.

via Divulga-CI

#Arquivologia #Entrevista

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-1-jan-2024/entrevista-com-mariana-batista-sobre-sua-pesquisa-com-a-avaliacao-arquivistica-na-administracao-publica-em-minas-gerais-e-rio-de-janeiro/

Entrevista com Ana Ligia Santos sobre sua pesquisa com a produção científica em História em Quadrinhos

Entrevista com Ana Ligia Santos sobre sua pesquisa com a produção científica em História em Quadrinhos

Algo que descobri com essa pesquisa foi que ainda há muito que podemos estudar sobre as HQs, sua linguagem, produção e aplicações em diferentes áreas. Então, se você escolheu estudar HQs, não desista mesmo se encontrar preconceito com o tema, pois como diz o professor Charles Hatfield, estudar quadrinhos é “encontrar aliados” e formas de estudar as HQs que “façam sentido” na sua própria área.

via Divulga-CI

#Entrevista #HistóriasEmQuadrinhos

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-1-jan-2024/entrevista-com-ana-ligia-santos-sobre-sua-pesquisa-com-a-producao-cientifica-em-historia-em-quadrinhos/

“As bibliotecas são aquele lugar seguro para discussão de ideias.”

“As bibliotecas são aquele lugar seguro para discussão de ideias.”

A bibliotecária do Congresso, Carla Hayden, discute o papel dinâmico e essencial que as bibliotecas desempenham na vida americana – como espaços comunitários, repositórios de informações, fontes confiáveis ​​e organizadores do discurso civil. 

via Issues

#Entrevista #ImpactoDasBibliotecas #Bibliotecas

Disponível em: https://issues.org/interview-librarian-congress-carla-hayden/

Entrevista com Glòria Pérez Salmerón

Entrevista com Glòria Pérez Salmerón

A promoção da profissão e o seu posicionamento a nível social e político são para mim os aspectos mais urgentes. Sem posicionamento não há visibilidade, e quando um grupo profissional é invisível, sua representatividade é baixa e não consegue exercer a força necessária para pressionar e reivindicar expectativas e objetivos profissionais.

#Entrevista #IFLA #MovimentoAssociativo

Disponível em: https://raco.cat/index.php/Item/article/view/422121

Entrevista com Clarice Campos sobre sua pesquisa que resgatou a atualidade e legado da escritora negra Carolina Maria de Jesus

Entrevista com Clarice Campos sobre sua pesquisa que resgatou a atualidade e legado da escritora negra Carolina Maria de Jesus

“A minha trajetória se parece em alguns pontos com a história de Carolina Maria de Jesus e com as histórias de muitas mulheres brasileiras. A escritora me deu o testemunho de que certos silêncios precisam ser rompidos e que para isto, a escrita pode ser um instrumento eficaz. Assim, minha pesquisa relaciona-se com o discurso da mulher negra no âmbito da literatura, tendo como ponto de partida a obra de Carolina Maria de Jesus.”

via Divulga-CI

#Entrevista #CarolinaMariaDeJesus

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-1-n-9-nov-2023/entrevista-com-clarice-campos-sobre-sua-pesquisa-que-resgatou-a-atualidade-e-legado-da-escritora-negra-carolina-maria-de-jesus/

“As bibliotecas preservam o conhecimento como extensão dos cérebros humanos”

“As bibliotecas preservam o conhecimento como extensão dos cérebros humanos”

É o que afirma o professor Luís Milanesi, da ECA, ressaltando o papel irradiador de cultura e informação das bibliotecas. Sua função como “memória da humanidade” é um dos temas que ele enfoca nesta entrevista

via Jornal da USP

#Bibliotecas #Entrevista #ImpactoDasBibliotecas

Disponível em: https://jornal.usp.br/cultura/as-bibliotecas-preservam-o-conhecimento-como-extensao-dos-cerebros-humanos/

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Pular para o conteúdo