O grito das invisíveis que ecoa na história, por Mellanie Fontes-Dutra e Ana de Medeiros Arnt

O grito das invisíveis que ecoa na história, por Mellanie Fontes-Dutra e Ana de Medeiros Arnt

Segundo dados divulgados pelo Instituto de Estatística da UNESCO1, menos de 30% dos pesquisadores, no mundo, são mulheres. No caso do Brasil, essa porcentagem é visivelmente maior, somando 58% o número de bolsistas da CAPES, segundo um levantamento de 20222. Se estamos mais presentes, atualmente, onde estão nossas cientistas?

Parte dessa resposta se esconde em um sexismo nem-sempre-velado que existe no meio acadêmico. A participação das mulheres nas ciências exatas ainda é visivelmente menor do que a dos homens, e poucas de nós alcançam cargos mais altos, segundo reportagem da Folha3. Ainda não tivemos uma mulher na presidência do CNPq (desde 1951)4 e FINEP (desde 1967)5.

#MulheresNaCiência

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-2-n-2-fev-2024/o-grito-das-invisiveis-que-ecoa-na-historia-por-mellanie-fontes-dutra-e-ana-de-medeiros-arnt/

Lançada nova edição da Divulga-CI

Lançada nova edição da Divulga-CI

Editorial: O grito das invisíveis que ecoa na história, de Mellanie Fontes-Dutra e Ana de Medeiros Arnt
Entrevista: Amélia Pereira Costa e Natalia Gallo Cerrao
Perspectiva: Gilda Olinto de Oliveira, Gláucia Aparecida Vaz e Isa Maria Freire.
Outras divulgações: A voz e a vez das mulheres, de Carla Maria Martellote Viola
Pesquisa: A magia das bibliotecas em Harry Potter; Aspectos legais no uso de dados na Ciência da Informação: uma década de transformações; e Desinformação na pandemia: análise da influência nas declarações de Bolsonaro

#DivulgaCI #MulheresNaCiência

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/

Mulher, mãe e cientista: o que ainda falta para as pesquisadoras chegarem ao topo?

Mulher, mãe e cientista: o que ainda falta para as pesquisadoras chegarem ao topo?

Implementado no dia 11 de fevereiro pela ONU, o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência relembra aquelas que fizeram história no caminho do conhecimento, mesmo diante de cenários marcadamente machistas. Ada Lovelace, a primeira programadora de computadores; Marie Curie, autora da descoberta dos elementos rádio e polônio; Enedina Alves Marques, a primeira engenheira negra do Brasil e uma das responsáveis pelo Plano Hidrelétrico do Paraná são alguns nomes de destaque. 

via Jornal da Ciência

#MulheresNaCiência

Disponível em: https://jornal.usp.br/diversidade/mulher-mae-e-cientista-o-que-ainda-falta-para-as-pesquisadoras-chegarem-ao-topo/

“Na ciência, o mais importante é saber fazer perguntas”

“Na ciência, o mais importante é saber fazer perguntas”

“Na ciência, o mais importante é saber fazer perguntas, e não só aquelas para esclarecimentos, mas também aquelas que podem levar a hipóteses. E eu aprendi a fazer isso ainda no primário. Estudei em uma escola criada por pessoas do Leste Europeu, que era extremamente especial. Era uma escola que incentivava a perguntar.” recorda Regina Pekelmann Markus é a vencedora do 5º Prêmio “Carolina Bori Ciência & Mulher”

via Jornal da Ciência

#MulheresNaCiência

Disponível em: http://www.jornaldaciencia.org.br/na-ciencia-o-mais-importante-e-saber-fazer-perguntas/

Entrevista com Natascha Hoppen sobre sua pesquisa que analisou a produção científica sobre os estudos de gênero no Brasil

Entrevista com Natascha Hoppen sobre sua pesquisa que analisou a produção científica sobre os estudos de gênero no Brasil

Eu escrevi parte da tese durante a pandemia de COVID-19. Isso foi extremamente desafiador. Eu com certeza não teria conseguido sem o apoio que recebi de minha colega de doutorado, Luciana Monteiro-Krebs, também aluna do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS. Nos ajudamos mutuamente, demais. Trabalhamos juntas (por vídeo chamada) por meses, com técnicas de estudo como a pomodoro, sempre uma ajudando a outra.

via Divulga-CI

#MulheresNaCiência #Gênero #ProduçãoCientífica

Disponível em: https://www.divulgaci.labci.online/v-1-n-10-dez-2023/entrevista-com-natascha-hoppen-sobre-sua-pesquisa-que-analisou-a-producao-cientifica-sobre-os-estudos-de-genero-no-brasil/

No Brasil, uma a cada duas mulheres cientistas sofreu assédio sexual

No Brasil, uma a cada duas mulheres cientistas sofreu assédio sexual

O relatório – Perfil do Cientista Brasileiro em Início e Meio de Carreira, publicado em setembro passado – constata que 47% das mulheres já lidaram com assédio sexual na academia brasileira, em comparação com um em cada 10 homens.

via ABC

#Assédio #MulheresNaCiência #Cientistas #CiênciaBrasileira

Disponível em: http://www.abc.org.br/2024/01/10/no-brasil-uma-a-cada-duas-mulheres-cientistas-sofreu-assedio-sexual/

“Há muito pouco reconhecimento no Brasil aos cientistas”

“Há muito pouco reconhecimento no Brasil aos cientistas”

Vencedora do 3º Prêmio Carolina Bori “Ciência &Mulher”, na área de Engenharias, Exatas e Ciências da Terra, a astrofísica Beatriz Barbuy fala da importância da distinção para sua carreira e para a ciência em geral.

#MulheresNaCiência #CiênciaBrasileira

via Jornal da Ciência

Disponível em: http://www.jornaldaciencia.org.br/ha-muito-pouco-reconhecimento-no-brasil-aos-cientistas/

Dados de participação das Mulheres Na Ciência

Dados de participação das #MulheresNaCiência l “Estes indicadores podem atestar a presença ou não de “efeito tesoura”. Tal fenômeno consiste no corte de proporção do gênero feminino na medida em que a carreira acadêmica progride […]” #Ciência via GEMAA https://gemaa.iesp.uerj.br/infografico/participacao-de-mulheres-na-ciencia/

Acesse o item em: https://gemaa.iesp.uerj.br/infografico/participacao-de-mulheres-na-ciencia/

Encruzilhadas da memória l “O caminho rumo à Universidade não se deu de modo ser…

Encruzilhadas da memória l “O caminho rumo à Universidade não se deu de modo sereno, pois, como todos os jovens negros de minha geração, éramos os primeiros da família a atravessar a portada das Universidades brasileiras” #MulheresNaCiência via Divulga-CI divulgaci.labci.online/v-1-n-3-maio-2… https://t.co/RCHIneHYWE


Acesse o item em: https://www.divulgaci.labci.online/v-1-n-3-maio-2023/encruzilhadas-da-memoria-corpo-territorio-e-reexistencia-decolonial-negra-no-campo-da-ciencia-da-informacao-por-maria-aparecida-moura/

Lançada edição da Divulga-CI, da Universidade Federal de Rondônia #BibliotecasEs…

Lançada edição da Divulga-CI, da Universidade Federal de Rondônia #BibliotecasEscolares #CoInfo #Museologia #MediaçãoDaInformação #Editoras #MulheresNaCiência #ConhecimentoTradicional #Memórias #CulturaNegra #Bibliotecas #DivulgaçãoCientífica #RevistasCI divulgaci.labci.online/v-1-n-3-maio-2… https://t.co/v98ZOcu9Pe


Acesse o item em: https://www.divulgaci.labci.online/v-1-n-3-maio-2023/capa-3/

Perspectivas para estudos em Ciência da Informação: em foco Mulheres na Ciência …

Perspectivas para estudos em Ciência da Informação: em foco Mulheres na Ciência l“Como mulher amazônica, que sou, reservo este espaço para falar sobre a perspectiva de pesquisas em Ciência da Informação na Amazônia […].” #MulheresNaCiência via Divulga-CI divulgaci.labci.online/v-1-n-1-mar-20… https://t.co/2VhF7aLcLQ


Acesse o item em: https://www.divulgaci.labci.online/v-1-n-1-mar-2023/perspectivas-para-estudos-em-ciencia-da-informacao-em-foco-mulheres-na-ciencia-por-danielly-oliveira-inomata/

Desigualdade de gênero atinge ciência no Brasil, revela pesquisa l “Nas engenhar…

Desigualdade de gênero atinge ciência no Brasil, revela pesquisa l “Nas engenharias, a docência na pós-graduação era baixa em 2004, 18%, e em 2020 subiu para 23%. Na área de ciências biológicas, temos quase 50% de mulheres”, #MulheresNaCiência via ABEC abecbrasil.org.br/novo/2023/03/d…


Acesse o item em: https://www.abecbrasil.org.br/novo/2023/03/desigualdade-de-genero-atinge-ciencia-no-brasil-revela-pesquisa/

Lançada 1a edição da Divulga-CI, da Universidade Federal de Rondônia l #Entrevis…

Lançada 1a edição da Divulga-CI, da Universidade Federal de Rondônia l #Entrevista #DivulgaçãoCientífica #Empreendedorismo #GenealogiaAcadêmica #BibliotecasPrisionais #FundamentosEmCI #MulheresNaCiência #MediaçãoDaInformação #TheCoupler e mais! #RevistasCI divulgaci.labci.online/category/v-1-n… https://t.co/XACNVsOPWP


Acesse o item em: https://www.divulgaci.labci.online/category/v-1-n-1-mar-2023/

“Precisamos de mais diversidade na ciência”, diz Jaqueline Goes l “Assim como a …

“Precisamos de mais diversidade na ciência”, diz Jaqueline Goes l “Assim como a representatividade feminina na ciência é urgente, a de raças também, defende a biomédica.” #MulheresNaCiência #Representatividade via UNICAMP unicamp.br/unicamp/notici…


Acesse o item em: https://www.unicamp.br/unicamp/noticias/2023/03/13/precisamos-de-mais-diversidade-na-ciencia-diz-jaqueline-goes

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Pular para o conteúdo